quinta-feira, 30 de abril de 2009


2 comentários:

Tchi disse...

É tão íntima e tão expressiva a linguagem das mãos quando em postura de afectividade e aconchego.

Paula Raposo disse...

E a solidão é assim...